O que acontece no corpo da mulher durante a menstruação

O período menstrual traz diversas mudanças para o corpo da mulher. Muitas, nem gostam de falar sobre esse assunto, afinal, inchaço, cólicas, indisposição e dores no corpo são alguns efeitos colaterais que aparecem a cada novo ciclo.

Porém, as mudanças no corpo vão muito além dos sintomas externos. É durante esse período que o corpo pode dar sinais importantes para ajudar quem deseja engravidar e a quem reforça a atenção para se prevenir de uma gravidez não planejada.

Ao conhecer melhor o próprio corpo durante o período fértil, época do ciclo menstrual em que as chances de engravidar são maiores, as mulheres poderão identificar mais facilmente alguns sinais que poderão ser utilizados como um guia fértil.

Início da ovulação

O ciclo menstrual está diretamente associado ao período menstrual. Para descobrir quando esse ciclo começa e quantos dias dura, é importante marcar em qual dia a menstruação começou e contar até o primeiro dia do ciclo seguinte. Em casos de ciclos irregulares, deve ser considerada a média dos últimos 3 meses.

O início da ovulação começa 14 dias antes da menstruação, sendo o período fértil iniciado três dias antes e até três dias depois do início da ovulação.

É nesse período que o corpo da mulher fica mais suscetível à gravidez, portanto, é um ótimo momento para reforçar as tentativas de gravidez, reforçar a prevenção ou, ainda, coletar os óvulos para o processo de congelamento.

Mudanças no corpo

Além da contagem de dias, outras mudanças no corpo podem identificar que o período fértil está ocorrendo. Entre elas, estão:

Secreções que facilitam a fertilização natural

Durante o período em que seu corpo está fértil, é comum notar o aumento de secreções vaginais. Isso ocorre porque aumenta a produção biológica de muco do colo uterino, que se apresenta com aspecto transparente, semelhante à consistência de uma clara de ovo.

Esse tipo de secreção é uma maneira em que o corpo facilita a transição dos espermatozoides para o útero, gerando assim, possíveis fertilizações.

Aumento da temperatura corporal

A temperatura do corpo pode ficar até meio grau elevada quando o período fértil está ocorrendo.

Portanto, é perfeitamente normal que as mulheres se sintam incomodadas com roupas quentes e até mesmo sintam que estão suando mais.

O ideal é que ocorra um monitoramento durante de temperatura durante todo o ciclo menstrual. Isso poderá facilitar um planejamento pessoal quanto às condições externas, com o clima ou o tipo de ambiente, que poderão proporcionar desconforto.

Dores na região pélvica

No período fértil ocorre a liberação do óvulo, o que poderá acarretar em pequenas dores na região do ventre. Esse processo hormonal acaba resultando em pequenas dores ou desconfortos, gerando indisposição durante alguns dias.

Todos esses sintomas apresentados pelo corpo são parte de um processo rico e valioso na vida das mulheres. O acompanhamento com ginecologistas é essencial para observar cada pequena mudança.

É também nesse período que o processo de congelamento de óvulos é mais favorável, algo especialmente importante para quem pensa na possibilidade futura de ser mãe.