No meu tempo. Na minha hora. Do meu jeito.

O Gravidez na Minha Hora é para você que deseja escolher com autonomia e tranquilidade o melhor momento para engravidar.

Aqui você encontrará informações relevantes para embarcar conosco nessa importante jornada.

Fique com a gente e descubra como.

http://home-primeira-secao
http://home-segunda-secao

Autonomia para escrever sua própria jornada.

Você já pensou no melhor momento para se tornar mãe? Algumas tomadas de decisões em diferentes questões da vida fazem parte do nosso cotidiano, mas não é preciso abrir mão de uma conquista para realizar outra. Com conhecimento, informação e apoio para tomar uma decisão segura e consciente, você pode tudo. Vamos juntas?

Meu corpo, minha fertilidade.

Nós mulheres já nascemos com uma reserva de óvulos que nos acompanha durante toda a vida. Esses óvulos não se renovam e seguem envelhecendo naturalmente. Para se ter uma ideia, com o passar do tempo, a mulher vivencia uma perda natural da sua fertilidade pela queda progressiva no número de óvulos e pelo seu envelhecimento, atingindo um momento crítico para conseguir engravidar naturalmente. Esse processo pode começar já a partir dos 30 anos.

Com uma reserva ovariana reduzida e, por consequência, óvulos com baixa qualidade, a fertilização natural fica prejudicada, tornando cada vez mais difícil engravidar.

http://meu%20corpo,%20minha%20fertilidade

Então, como “parar” o tempo?

Hoje é possível fazer uma reserva dos óvulos enquanto ainda estão saudáveis para serem fertilizados quando você decidir.

Esse processo se chama congelamento de óvulos ou criopreservação, e pode ser realizado por qualquer mulher em fase adulta.

Por que é importante você escolher seu tempo?

É muito importante que você possa decidir a melhor hora de engravidar de acordo com seu momento de vida. Por isso, pensar na possibilidade sobre engravidar no futuro é tão interessante. Se você já tem a certeza sobre o desejo de ser mãe ou ainda não pensou sobre isso, ter esse poder de escolha faz toda diferença, seja para ter mais tranquilidade hoje ou no futuro.

Esta possibilidade existe e está ao seu alcance a partir de agora! Use o tempo ao seu favor.

http://home-quarta-secao

Linha do tempo da fertilidade feminina

18-24 anos "Melhor" idade para engravidar do ponto de vista físico.
Risco de Infertilidade 6%
25-30 anos Chance de engravidar sem intervenções permanece estável.
Risco de Infertilidade 10%
31-35 anos As chances de engravidar ainda são altas, mas começarão a diminuir.
Risco de Infertilidade 16%
36-40 anos Maior redução na fertilidade; os riscos de problemas cromossômicos são maiores.
Risco de Infertilidade 30%
41-45 anos As chances de conceber são baixas e o corpo está se preparando para a menopausa.
Risco de Infertilidade 65%

Como funciona o tratamento?

  • Avaliação

    O primeiro passo é marcar uma avaliação com um médico especialista em fertilidade que irá avaliar o seu caso individualmente, respeitando as regras do seu corpo.

    Nesse primeiro momento, uma boa conversa para entender o procedimento e tirar todas as suas dúvidas é a chave para entender como você pode preservar a sua fertilidade agora.

  • Exame

    Com a decisão de iniciar o processo de congelamento de óvulos, o seu médico especialista em fertilidade irá solicitar alguns exames que darão um panorama geral sobre a sua reserva ovariana, ou seja, a quantidade e qualidade de óvulos em seus ovários. Nesta etapa, são realizados exames de sangue e ultrassonografia e, a após a avaliação médica, você estará pronta para iniciar o tratamento.

  • Início do Tratamento

    Em média uma mulher produz um óvulo por mês, porém com a estimulação ovariana, realizada com medicamentos hormonais, é possível que seus ovários produzam múltiplos óvulos maduros, que poderão ser congelados. O tratamento dura cerca de 10 a 12 dias e tem acompanhamento por exames de ultrassonografia transvaginal realizada a cada 3 ou 4 dias, até que os óvulos estejam prontos para serem coletados.

  • Retirada dos Óvulos

    A retirada dos óvulos é feita por meio de uma punção ovariana guiada por ultrassonografia transvaginal. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 minutos e é recomendável que a paciente fique de repouso no dia.

  • Congelamento

    Aqui os óvulos maduros são congelados em nitrogênio líquido, te dando a liberdade de escolha para que você possa dar início à gravidez no seu momento. Sem pressa e receio, você pode manter os óvulos congelados até que se sinta segura para realizar o sonho da maternidade, se assim desejar.

  • Fertilização

    Neste momento, os óvulos são descongelados e fertilizados em laboratório, formando embriões aptos, que poderão ser transferidos para o útero.

  • Avaliação

    O primeiro passo é marcar uma avaliação com um médico especialista em fertilidade que irá avaliar o seu caso individualmente, respeitando as regras do seu corpo.

    Nesse primeiro momento, uma boa conversa para entender o procedimento e tirar todas as suas dúvidas é a chave para entender como você pode preservar a sua fertilidade agora.

  • Exame

    Com a decisão de iniciar o processo de congelamento de óvulos, o seu médico especialista em fertilidade irá solicitar alguns exames que darão um panorama geral sobre a sua reserva ovariana, ou seja, a quantidade e qualidade de óvulos em seus ovários. Nesta etapa, são realizados exames de sangue e ultrassonografia e, a após a avaliação médica, você estará pronta para iniciar o tratamento.

  • Início do Tratamento

    Em média uma mulher produz um óvulo por mês, porém com a estimulação ovariana, realizada com medicamentos hormonais, é possível que seus ovários produzam múltiplos óvulos maduros, que poderão ser congelados. O tratamento dura cerca de 10 a 12 dias e tem acompanhamento por exames de ultrassonografia transvaginal realizada a cada 3 ou 4 dias, até que os óvulos estejam prontos para serem coletados.

  • Retirada dos Óvulos

    A retirada dos óvulos é feita por meio de uma punção ovariana guiada por ultrassonografia transvaginal. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 minutos e é recomendável que a paciente fique de repouso no dia.

  • Congelamento

    Aqui os óvulos maduros são congelados em nitrogênio líquido, te dando a liberdade de escolha para que você possa dar início à gravidez no seu momento. Sem pressa e receio, você pode manter os óvulos congelados até que se sinta segura para realizar o sonho da maternidade, se assim desejar.

  • Fertilização

    Neste momento, os óvulos são descongelados e fertilizados em laboratório, formando embriões aptos, que poderão ser transferidos para o útero.

Blog

Principais Dúvidas

  • Quais as chances de sucesso?

    As taxas de sucesso variam de acordo com a idade da mulher, o número de óvulos maduros coletados e, consequentemente, congelados. 

    Embora, especialistas prefiram estimular um desenvolvimento de até 10 óvulos congelados, uma menor quantidade coletada não significa uma impossibilidade de gravidez.

    Por exemplo: A taxa de bebê com 10 óvulos congelados para mulheres até 35 anos é de 60%, enquanto que para mulheres com mais de 35 anos é de 30%.

  • O tratamento é doloroso?

    Considerando que ao longo do tratamento a mulher estará exposta a administração hormonal por injeções subcutâneas, pode haver desconforto local e reações adversas. A paciente pode sentir distensão e cólica abdominal que vão variar de acordo com o grau de resposta dos ovários à estimulação. Normalmente são sintomas leves e não incapacitantes.

  • Como funciona a coleta?

    A retirada dos óvulos é feita por meio de uma punção ovariana guiada por ultrassonografia transvaginal. O procedimento tem duração de aproximadamente 20 minutos e é recomendável que a paciente fique de repouso no dia.

  • Congelar e descongelar pode afetar a saúde dos óvulos?

    No processo de congelamento e descongelamento, os óvulos podem degenerar e assim não serem aproveitados para seguir adiante no tratamento. A taxa de sobrevida dos óvulos a esse processo é em torno de 80%. Após o descongelamento, o óvulo fertilizado não apresenta diferenças do óvulo fresco.

  • Quanto tempo dura o tratamento?

    A estimulação ovariana dura cerca de 10 a 12 dias até que os óvulos sejam coletados. Uma vez congelados, os óvulos podem permanecer dessa forma por tempo indeterminado, não havendo evidência de perda de sua qualidade quanto maior for o tempo de congelamento. Porém, o tratamento pode variar de acordo com a quantidade e a viabilidade de óvulos produzidos por cada mulher. 

  • Quais as restrições para o congelamento?

    O congelamento de óvulos pode não ser indicado para pacientes que tenham contra-indicações à utilização de medicamentos indutores da ovulação, por alguma condição clínica ou por questão da idade. A avaliação com um médico especialista vai permitir definir se você poderá fazer o tratamento.

  • Por quanto tempo posso deixar os óvulos congelados?

    Não há limitação de tempo para que os óvulos permaneçam congelados. Os óvulos podem não sobreviver ao processo de congelamento/descongelamento. A taxa de sobrevida a esse processo é de 80%. Não existem evidências que mostrem que o tempo de congelamento interfira negativamente nas taxas de sucesso do tratamento. De maneira geral, é comum que os óvulos fiquem congelados por até 10 anos.

  • Até que idade posso engravidar do óvulo congelado?

    Seguindo as recomendações do Conselho Federal de Medicina, a idade máxima indicada à gestação por técnicas de reprodução assistida é de 50 anos. 

  • Quanto custa o congelamento de óvulos?

    O custo do congelamento pode variar. O especialista será a pessoa que informará todos os detalhes durante sua avaliação.

  • Caso não queira usar meus óvulos no futuro, posso doá-los?

    Sim. Porém, só poderá doar se, ao congelar, a mulher tiver até 35 anos de idade. Outro detalhe importante:  a doação é sigilosa. Receptoras e doadoras não possuem qualquer conhecimento uma sobre a outra. 

Por dentro das redes sociais

138942566849362_881400212603590
Facebook - Gravidez na minha hora 28/11/2020

Como anda o seu sono? 😴💤

Você sabia que, quando uma mulher não descansa o suficiente, o sistema reprodutivo dela pode sofrer algumas consequências?

Pois é! A qualidade do nosso sono pode impactar na produção de um hormônio que atua na formação de novos vasos sanguíneos das células foliculares do ovário.

Como consequência, isso acaba tendo efeitos sobre a qualidade dos óvulos e as chances de gravidez. O hormônio do sono tem ação antioxidante e é essencial para o processo reprodutivo.

Então, já sabe, né? Cuide bem do seu descanso e, em caso de dúvidas, busque sempre a ajuda do seu médico! 😉

138942566849362_880626699347608
Facebook - Gravidez na minha hora 27/11/2020

Perdeu a live do Gravidez na Minha Hora sobre câncer e fertilidade, feita em parceria com a jornalista, escritora e atriz Duda Riedel? Não se preocupe!

Todas as nossas lives estão salvas pra você assistir ou rever novamente no nosso IGTV. Para acessar, basta procurar pelo perfil @gravideznaminhahora no Instagram, ou acessar o link: https://bit.ly/3kFIkHX. 😃

Aproveita e compartilha com aquela amiga que também vai adorar a novidade. 😉

138942566849362_879199746156970
Facebook - Gravidez na minha hora 25/11/2020

A decisão da maternidade pode envolver muitas dúvidas, mas não se preocupe: você não precisa decidir isso agora! 😉

Se você ainda tem dúvidas sobre o melhor momento para engravidar e até mesmo se a maternidade ainda será uma escolha para a sua vida no futuro, o congelamento de óvulos pode ser uma opção.

É necessário um planejamento seguro pra escolher qual é o melhor momento de concretizar esse desejo. Por isso, a decisão de ser mãe no futuro pode começar com atitudes agora. ⠀

Conta pra gente, você tem alguma dúvida sobre congelamento de óvulos? 🤔💭

138942566849362_878504626226482
Facebook - Gravidez na minha hora 24/11/2020

Conciliar carreira com a vontade de ser mãe pode ser um desafio para muitas mulheres. Mas será que é preciso escolher entre o trabalho ou a maternidade?

Na live dessa semana do Gravidez na Minha Hora falaremos um pouco mais sobre esse assunto que deixa tantas mulheres em dúvida.

Nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, às 20h, a atriz e apresentadora, Monique Alfradique, bate um papo com a médica especialista em reprodução humana, Dra. Melissa Cavagnoli.

Durante a conversa, elas falarão sobre como a carreira pode impactar a maternidade e quais são as opções disponíveis para quem deseja ser mãe no futuro. A transmissão acontece lá no Instagram, no perfil da Monique.

Então, anota na agenda! A gente te espera lá no: https://www.instagram.com/moniquealfradique/. 😉

138942566849362_874201399990138
Facebook - Gravidez na minha hora 18/11/2020

Algumas dúvidas comuns podem surgir quando o assunto é congelamento de óvulos, mas não se preocupe, a criopreservação é um procedimento seguro!

Ela é feita sempre com base na avaliação médica de um especialista em fertilidade, que estuda cada caso individualmente, respeitando as especificidades do seu corpo. 😉

Durante esse processo, uma série de outros cuidados também são tomados, como a realização de alguns exames iniciais e acompanhamento constante com ultrassonografia transvaginal. Além disso, a coleta dos óvulos tem duração média de apenas 20 minutos. 😮⏱

Quer saber um pouco mais sobre como o congelamento de óvulos funciona? Basta acessar o site do Gravidez na Minha Hora em: https://bit.ly/3dTphr9. 💻

138942566849362_870153280394950
Facebook - Gravidez na minha hora 13/11/2020

Você já ouviu aquela expressão que diz que “O tempo está passando”? ⏳. A verdade é que ele não precisa mais ser seu inimigo quando o assunto é maternidade. Você pode sim planejar uma gravidez que caiba nos seus planos e que aconteça no seu melhor momento, do seu jeito!

No site do Gravidez na Minha Hora você encontra informações e dicas sobre como ter uma gestação segura, com planejamento e autonomia. Acesse gravideznaminhahora.com.br e saiba mais! 😉

138942566849362_868498540560424
Facebook - Gravidez na minha hora 11/11/2020

A gente sabe que quanto maior é a vontade de uma mulher de ser mãe, mais ansiosa ela fica e isso traz alguns impactos no seu organismo.

As expectativas só crescem e a tensão aumenta, o que pode provocar um atraso maior na hora de engravidar por causa dos reflexos desse estresse no ciclo menstrual.

Se você está passando por um caso como esse, é sempre bom ressaltar que o mais importante é manter a calma. O primeiro passo é aliviar os ânimos e, em caso de dúvidas, o ideal é procurar a ajuda de um médico. 😉🩺

138942566849362_864419017635043
Facebook - Gravidez na minha hora 06/11/2020

Todo mundo já escutou algumas perguntinhas indelicadas quando o assunto é gravidez. “Por que vocês ainda não tiveram filhos?”, “Estão tentando?” ou “Descobriram o problema?” são só alguns exemplos das muitas cobranças que surgem da sociedade quando um casal não tem filhos.

Mas que tal mudarmos isso juntos? A maternidade e a paternidade são momentos íntimos e cada casal tem autonomia pra decidir quando, como e se ela vai acontecer. Por isso, não se esqueça nunca: a decisão é sua e do seu parceiro! ✨💪

Entre em contato conosco